PRECISO SER IGUAL PARA TER OS MESMOS RESULTADOS?


image40-650x325

Esse tema é um dilema ou frustração para muitas pessoas… por isso vou aborda-lo para a reflexão e motivação…

 

Hoje nossa população Brasileira encontra-se 57% acima do peso ideal (pelo IMC) e desses 21% já estão com IMC superiores a 30,0 kg/m², considerados obesos I, II e III. Muitos obesos se veem acima do peso e por questões pessoais bem multifatoriais e crenças acabam se acomodando ou aceitando a condição de estar acima do peso.

Uma questão muito forte para os obesos são os exemplos ou referencias que eles tem, que servem como direcionamento para atingir seu objetivo, isso em momentos é MUITO bom ou MUITO ruim, vamos ver um dos exemplos.

O nutricionista (que está magro), posta que acorda todos os dias as 6:00 A.M, toma uma café equilibrado, vai treinar, trabalha o dia todo, a noite anda de bicicleta, depois faz corrida, posta seus pratos lights e balanceados, mostra equilíbrio nas escolhas, etc… quando o obeso vê essa situação, ele pode desmotivar de querer procurar ajuda, pois ele não se vê fazendo as mesmas coisas que o profissional em questão, e isso reforça que como ele não conseguirá levantar as 6:00, nem treinar, nem andar de bike, ele não terá resultados e nunca será magro. ]

PARE TUDO E REFLITA comigo: NINGUÉM é igual a NINGUÉM, somos seres únicos, que podem se adaptar, mas não que para ser magro como o profissional você precise fazer as MESMAS coisas, comer as mesmas coisas, acordar no mesmo horário, etc… para se ter resultados, é primeiro e de extrema importância, SAIR da zona de conforto que está te condicionando ao peso atual. Isso não significa que de hoje para amanhã você vai transformar a sua vida, mudar amigos, mudar seu corpo, mudar 100% seus hábitos, seu orçamento, seus gostos, etc… é muito importante você QUERER a mudança. Você não precisa ser igual a ninguém. Você não precisa fazer nada idêntico a ninguém. Você PRECISA fazer algo para tornar sua rotina e saúde melhores, e isso cada um encontra a sua, com o passar do tempo.

Lógico que como profissional da saúde, todo nutricionista irá sugerir uma alimentação mais equilibrada, balanceada, e que atenda suas necessidades fisiológicas e seus objetivos, mas isso não quer dizer que você tenha que se obrigar a comer coisas que não goste, incluir alimentos caros só porque a blogueira come ele, que precise treinar na melhor academia da cidade… você precisa APRENDER a escutar o seu corpo e aos poucos ou no tempo que ele te dizer, respeitar as suas limitações e entender que as adaptações fisiológicas e PSICOLÓGICAS vem com o tempo, e esse tempo é muito pessoal e individual.

Não se frustre por não conseguir fazer TUDO que alguém magro faz. Lembre-se que eles são TREINADOS a isso. Você poderá ter tais comportamentos sim, mas no seu tempo e na sua necessidade. RESPEITE seu corpo e ele com certeza o respeitará.

 

Veja mais receitas e dicas na minha fanpage: Rodolfo Scatolon Nutricionista

Instagram: rodolfoscatolon

AVEIOCA COM LEITE EM PÓ


Aveioca com leite em pó:

3 colheres de sopa de farelo de aveia (hidratar por 5 minutos em 6 a 8 colheres de sopa de água)

1 colher de sopa de leite em pó integral ou desnatado

1 colher de café de açúcar mascavo

1 ovo.

Misturar todos os ingredientes e levar a frigideira untada com fio de óleo (passar papel toalha para tirar excesso), virar dos dois lados. Para rechear: 1 colher de leite em pó + 1 colher de achocolatado gold ou cacau em pó 50% + 3 colheres de sopa de água, mexer até ficar um creme e colocar sobre a aveioca. Ela tem o gosto neutro, você usar recheios salgados também.

Creme de café usei: 1 colheres de iogurte natural desnatado + 1 colher de leite em pó + 1 colher de café rasa de café solúvel.

Creme de chocolate: 1 colher de achocolatado GOLD com leite a gosto para diluir.

14962560_1280751205299616_6147391275499343718_n

ANO QUE VEM EU PEGO FIRME!


ANO QUE VEM EU PEGO FIRME! 

 

Esse é um dos pensamentos sabotadores mais típicos nesse mês de novembro, seguido dos: ”esse mês tem muitas festas”, ”tem muitos lugares para sair”, ”ano que vem eu pego firme”, etc…

A crença e realidade que nesses dois últimos meses do ano os eventos e encontros durante a semana e finais de semana aumentam, é concreto. Porem o simples fato de ver mais pessoas e estar em mais lugares não é sinônimo de ganho de peso ou que você tem que DESISTIR de todos os outros setores da sua vida, certo? Pelo contrario, pessoas felizes conseguem se auto-motivar e ter mais sucesso no processo (seja ele qual for).

Dando o foco para emagrecimento que é o que mais atendo e minha paixão (ajudar pessoas a se relacionarem melhor com os alimentos), acreditar que esse dois meses você não deve procurar um nutricionista e que é impossível conseguir algum resultado, pode ser algo bem frustrante quando você se pesar na primeira semana de janeiro. Se hoje você está com quilos a mais que te incomodam, somar mais alguns nesses dois meses, vai resolver alguma coisa? Pense que se você reforça que ano que vem vai começar (”pegar firme”), serão os quilos a mais de HOJE + os possíveis quilos ADICIONAIS desses dois meses, MUITOS mais trabalho depois, não é mesmo?

Procurar um Profissional Nutricionista Comportamental nessa época do ano seria muito interessante, pois ele não vai dizer o que você NÃO pode comer nesses encontros, pelo contrário, juntos podemos analisar o QUANTO das coisas que você terá a acesso que pode comer para que pelo menos não perca os resultados da sua semana. Proibir não trás resultados a longo prazo e pode ser algo traumático. Por isso a importância de se conscientizar a DETERMINAR quantidades e frequência é muito mais válido que não comer. Você pode ter 5 eventos na semana e não ganhar uma grama e mesmo assim comer TUDO o que te foi oferecido, desde que você trabalhe o equilíbrio das escolhas.

Não espere ano que vem, comece agora mesmo a cuidar da pessoa mais importante do mundo: VOCÊ!

 

Conheça mais sobre meus grupos de emagrecimento em: www.despertesemagra.com.br (e fanpage)

Siga meu instagram com dicas diárias: rodolfoscatolon

download