FINAL DE SEMANA. COMER COISAS DIFERENTES OU MANTER O FOCO?


Final de semana, podemos comer coisas diferentes e manter o resultados e manter saúde? LÓGICO!

16406634_10211670018087225_5299269475598093193_n

Esse sábado, como eu não trabalhei e nem participei de nenhum curso ou aulas, tive mais tempo para mim mesmo e minhas coisas, então me permiti ir ao Shopping comer comida japonesa.

Para essa refeição usei as técnicas Mindfulness onde apreciei cada unidade dos alimentos que escolhi, desliguei meu celular por 25 minutos e mesmo com o shopping LOTADO e uma baralho super alto, em alguns momentos eu me desconectei do meio externo e quando vi estava apenas meu prato e eu em um momento de extrema satisfação. O barulho voltou? SIM, mas me concentrei para prestar mais atenção ao prato que nas pessoas ao redor.

Tive vontade de olhar no celular? SIMMMMM!!! Mas resisti, por horas minha mente me lembrava que tinha que olha-lo, mas eu fui mais forte, afinal, eram apenas 25 minutos que me permite não desviar atenção do que estava fazendo. E adivinhem? Nada de mais aconteceu…

Você já colocou em prática as técnicas Mindfulness? Ela ajuda nos casos de:

– Compulsão alimentar
– Descontrole do consumo de determinado alimento
– Ansiedade
– Comer reativo (por algum motivo externo) ]
– Pessoas que dizem: ”Só percebi depois que comi.”
– Pessoas que relatam comer algo e continuar com vontade de comer
– Quem tem vontade sempre do mesmo alimento
– etc…

A nutrição básica nunca deixará de existir, mas hoje temos muitos recursos que tem efeito comprovado no controle e tratamento do excesso de peso…

Consulte um nutricionista Comportamental e vamos aprender comer de tudo sem CULPA!!

12247088_10207824559193156_3990399631772714760_n

Tirinhas de Frango Crisp ao Molho de Mostarda Frango


Tirinhas de Frango Crisp ao Molho de Mostarda Frango (preparo):

200g de frango cortado em tirinhas finas Limão,

curry e ervas a gosto (para temperar)

16113913_10211570486198990_373638165974583944_n

Crisp Crocante:

2 torradas (100% integrais)

1 pacote de mix de castanhas

1 colher (sopa) de azeite extra virgem

Sal e temperos a gosto

 

Molho de Mostarda:

1 colher de mostarda

2 colheres de iogurte natural desnatado

Modo de preparo – Frango: Corte o frango em tirar e temperar a gosto, reservar. Modo de preparo – Crisp Crocante: No mixer ou liquidificador bata as torradas juntamente com o mix de castanhas até ficar uma farinha uniforme. Em um recipiente misture esta farinha já pronta com o azeite. Modo de preparo – Molho de Mostarda: Misture estes dois ingredientes e reserve. Montagem: Passe as tiras de frango (já temperadas) na farinha e coloque em uma assadeira untada com azeite. Asse as tirinhas em forno alto (200-220ºC) por 20 minutos ou até ficarem na textura de sua preferência. Sirva as tiras de frango já prontas com o molho de mostarda.

 

Macarrão Integral ao Molho de Cenoura Base:

1 xícara (chá) de macarrão integral Molho:

1 cenoura grande 1 tomate maduro

400ml de água Temperos a gosto Modo de preparo –

117

Molho de Cenoura: Bata a cenoura no liquidificador com a água e coloque para cozinhar em fogo baixo. Pique o tomate em cubos e coloque para cozinhar no molho de cenoura. Tempere a gosto com alho, cebola, ervas, etc… Para servir, misture o molho com a porção de macarrão já cozida. Bom apetite!

16174930_10211570500039336_7663186015724594700_n

BOLO DE MAÇA INTEGRAL


Ingredientes

2 bananas amassadas
2 ovos
2 colheres de sopa de farinha de aveia
2 colheres de sopa de farinha integral
1 colher de chá de fermento em pó
Açúcar a gosto( usei só uma colher de sopa do mascavo, mas a banana já é bem docinha e nem precisa)
3 maçãs cortadas em rodelas

 bolo-integral-de-maca-e-banana

Preparo

É só bater com um garfo a banana amassada, as farinhas, o ovo, o açúcar e o fermento, então cortar as maçãs em tiras como na foto e colocar na assadeira untada, então colocar um pouco de massa, e novamente as maçãs e mais massa e pode terminar com as maçãs novamente então colocar para assar por cerca de 40 min à 180 graus e prontinho.

PENSAR, SENTIR, DEPOIS COMER…


A Nutrição vai muito além do comer! O ato de colocar o alimento na boca é a última etapa do processo que antecedem processo muito individuais e de extrema relevância! Hoje nas consultas é impossível falar apenas de quanto, quanto disso, quanto daquilo, sem sugerir técnicas e estratégias que ajudem o paciente de fato a ver a alimentação com outros olhos e voltada para o comportamento e pensamentos! #supercerebro #limeira #pensemagro#rodolfoscatolonnutricionista #rodolfonutricionista

12247088_10207824559193156_3990399631772714760_n

ELE NÃO PODE COMER QUALQUER COISA…


“Nutricionista é flagrado tomando milk shake de leite em pó em Shopping em Limeira” – fiquei impressionado hoje quando sai do quiosque com o copo e muitas pessoas que graças a Deus sabem que eu sou, mas não esconderam a cara de espanto e inconformação!
Então quer dizer que o quiosque é para todos menos para nutricionistas!?
O fato de eu ter conhecimento aprimorado sobre alimentação saudável não quer dizer que sou proibido de comer ou beber nada!
Até quando vamos achar que só tem o corpo dos sonhos quem come Salada e frango!?
Sou um comedor e consumidor como qualquer pessoa! Tomar esse milk shake hoje não me tirou saúde e nem me fez ganhar peso, pois o que prego e falo diariamente em consultório é o quanto podemos de tudo para sermos saudáveis e felizes ao mesmo tempo!
Existe prazer na fruta, no iogurte, nas castanhas, na salada, assim como também nas pizzas, lanches, sorvetes, etc… alimentos são para todos! Não é porque sou nutricionista que tenho obrigação de comer 100% das minhas refeições como a sociedade ou diretrizes dizem!
A Nutrição moderna mostra que o julgamento alimentar é um dos principais vilões da autopunição…
Está na hora de abrir os olhos! Quem ensina a comer merece méritos e créditos! Longe de mim ser um nutricionista que fala apenas de proibição! #rodolfonutricionista #rodolfoscatolonnutricionista #pensemagro #limeira #supercerebro

 

12247088_10207824559193156_3990399631772714760_n

ELOGIE-SE – ISSO AJUDA VOCÊ EMAGRECER!


Segundo o livro Pense Magro (2009) e as minhas experiencias clínicas nesses 4 anos de atendimento é possível observar que as pessoas que lutam para emagrecer costumam ser bastante duras consigo mesmas, tornando-se auto-críticas no momento em que desviam do seu plano alimentar. Em vez de pensar nesse deslize apenas como um erro e pensar no que fazer para evitar que ele aconteça novamente, recriminam-se por serem fracas, até mesmo más, e casos perdidos. (isso ativa muitos sabotadores)

Caso você se veja apenas fazendo críticas a si mesma sobre seus comportamentos na alimentação comece nesse mesmo momento a lembrar tudo que você conseguiu executar de maneira adequada ou dentro do seu planejamento nesse dia (ex: eu fiz um excelente café da manhã, já tomei meus litros de água, consegui comer as frutas planejadas, resisti no lanche da manhã ao que me ofereceram, dará certo de eu ir treinar a noite, não falhei aos treinos essa semana, etc…) existem TANTAS coisas que você está conseguindo fazer que não deve focar apenas no deslize, ele se for realizado ISOLADAMENTE e você a partir dele voltar ao seu plano alimentar, nada vai acontecer de ruim para você e nem para seus objetivos.

COMO E QUANDO SE ELOGIAR (segundo Judith Beck):

Elogios são palavras ou frases curtas ditas para si mesmo, como:

  • certo!
  • Isso foi muito bom.
  • Ótimo!
  • Continue assim!
  • Isso merece um elogio.
  • Fantástico.
  • Eu consegui.

Dica: todos os dias, ou quando for possível, faça uma auto analise de tudo que você está realizando de positivo, e escreva em um caderno ou bloquinho. Nos dias que estiver se sentindo desmotivada ou com sentimento de fracasso leia as opções e isso ajudará você lembrar de tudo que já construiu no novo hábito alimentar e te lembrar que você é capaz de fazer tudo aquilo, certo?

12247088_10207824559193156_3990399631772714760_n

 

PARE DE SER ENGANAR!


Quem faz dieta tem uma surpreendente capacidade de se enganar a respeito de alimentação. Eles podem ser racionais e razoáveis em outras situações, mas quanto a dietas, não. Pense nas outras vezes que você precisou restringir a alimentação fazendo uma dieta. Você deu a si mesmo uma desculpa esfarrapada para comer?

Segundo o Livro Pense Magro a lista abaixo são os típicos pensamentos sabotadores auto-ilusórios (que te autorizam a comer e fazem você acreditar que isso é uma verdade):

– Tudo bem comer isso porque…

”Não é um pedaço inteiro”

”vou comer só dessa vez”

”não é tão calórico”

”vou compensar depois, comendo menos”

”não vai fazer diferença”

”vai ser desperdício”

”estou comemorando”

”ninguém me verá comendo”

”são só migalhas”

”é de graça”

”estou chateada e simplesmente não ligo para isso”

etc…

 

Esses e outros pensamentos te iludem e te reduzem a culpa em comer AGORA, porem depois a culpa pode vir com maior intensidade quando você não obter os resultados esperados. Vale lembrar que o livro cita essas pensamentos como sabotadores para alimentos FORA DO PLANEJAMENTO, caso no seu dia estava planejado comer algo diferente, esse alimentos e os pensamentos que estiverem passando na sua cabeça na hora do consumo não devem ser classificados como sabotadores.

Caso você reconheça que já se permitiu ou que se permite sempre comer por esse ou outros pensamentos, é importante avaliar o nível do processo e onde ainda quer chegar, caso queira ainda eliminar peso e evitar a frustração da manutenção do peso, é importante aprender de maneira natural e com treino a responder esses pensamentos de maneira mais funcional ao seu objetivo.

12247088_10207824559193156_3990399631772714760_n

Texto adaptado do Livro Pense Magro (Judith S. Beck) 2009.

COMER PARA LIDAR COM PROBLEMAS?


Aprenda maneiras melhores de lidar com o problema ou sentimento:

 

Quando você aplaca um sentimento, ele desaparece temporariamente, mas sempre volta. Você está comendo para lidar com sentimentos. Existem outras maneiras de fazer isso, e, quando você as aprender, a necessidade de comer vai diminuir, porque seu corpo e sua mente saberão que não há apenas um mecanismo para lidar com isso. Veja algumas habilidades segundo livro de COPRA:

  • Dizer o que sente sem medo de crítica;
  • Abri-se com a pessoa certa, alguém que tenha empatia, que não seja crítico e que tenha certo distanciamento. (abri-se com pessoas que dependem de você para ter dinheiro, conseguir uma condição social ou uma promoção NUNCA é uma boa ideia);
  • Confiar em alguém o suficiente para seguir sua orientação. A autossuficiência é solitária e leva facilmente a percepções distorcidas;
  • Encontrar uma maneira de dissipar a energia subjacente do medo ou da raiva. Esses dois sentimentos negativos básicos alimentam qualquer comportamento viciado;
  • Levar a vida interior com a mesma seriedade dedicada a vida exterior;
  • Sentir-se bem a ponto de não ter que ceder aos desejos. Sentir-se mal é o que tenta você a ser condescendente. Não é a boa comida que o tira do bom caminho.

 

Você não deve ter medo ou receio de contar ao seu Nutricionista as situações que estão te levando a comer, é importante que o mesmo saiba para que posso buscar novas maneiras e estratégias para te ajudar o seu objetivo. As dicas acima são bem reflexivas e muitos leem e se sentem perdidos ou incapazes. Mas em consulta por exemplo uma conduta é:

  • Ao ter a vontade desesperadora por algum alimento específico se questione (faz quanto tempo que já comi? quanto falta para minha próxima refeição? estou com fome mesmo? porque eu quero comer isso agora?), é importante pelo menos não ceder ao desejo imediato e buscar uma estratégia de desvio de foco (fazer um chá, comer uma fruta, ler um livro, ligar para uma amiga, entrar no facebook, responder alguns whats, nessa hora qualquer distração é bem vinda). E caso você depois da distração ainda esteja pensamento com comer, relaxe, coma com atenção, mas pelo menos sua mente já tem um estimulo novo de não ceder ao imediatismo… entre outras estratégias…

 

Siga meu instagram: rodolfoscatolon

Fanpage: rodolfo scatolon nutricionista

12247088_10207824559193156_3990399631772714760_n