DICAS PARA IR AO SUPERMERCADO!


DICAS PARA IR AO SUPERMERCADO!

mercado 8

 

1) Planeje as compras

Produtos de limpeza podem ser comprados com uma periodicidade maior, em torno de um mês entre uma compra e outra. O intervalo ideal para abastecer o congelador com as carnes é de 15 dias. Já os produtos in natura, como frutas e vegetais – imprescindíveis para dar saúde às refeições – precisam ser adquiridos semanalmente. Por isso, faça uma programação para as compras mensais e semanais.

2) Faça cardápios em vez de listas

Para evitar o desperdício, o ideal é fazer cardápios das refeições feitas em casa, sendo o café da manhã e o jantar as mais frequentes. “Não adianta comprar uma variedade imensa de legumes e frutas que vão estragar’’. Em cada semana, o ideal são dois tipos de legumes, três variedades de verduras e seis de frutas, que podem aumentar ou diminuir de acordo com o número de pessoas que dividem a residência. Antes de ir ao mercado, pense em cardápios variados para todos os dias da semana. Com a receita em mãos, é mais fácil acertar na quantidade e na variedade.

3) Prefira sempre alimentos in natura

As especialistas sabem que os produtos industrializados facilitam a vida de quem trabalha fora de casa. “Os sucos prontos, por exemplo, podem ser uma opção para levar de lanche. O que não pode é todo líquido ingerido ser artificial. É preciso mesclar. A mesma regra vale para as refeições. Se você vai usar uma mistura pronta, faça saladas verdes e coloridas. Se o café da manhã terá bolo já preparado, enriqueça com um suco de frutas natural.

4) Não faça compras com fome

Segundo a equipe do Vigilante do Peso, ao fazer compras com fome você fica sujeito a desejos súbitos e compras por impulso. Para administrar o estilo de vida que você quer, saia para fazer compras depois do almoço ou do jantar. Vale também fazer um lanche rápido para não cair na tentação.

5) Atenção ao que é diet e light

Para quem está de dieta, cuidado com a definições de diet e light. Um exemplo: o chocolate diet é produzido sem açúcar, ideal para diabéticos, mas pode ser mais rico em calorias do que a versão convencional. Já os ligths têm menos valor energético. “Isso não significa que eles podem ser consumidos de forma irrestrita. Para valerem como substituição, estes produtos devem ser consumidos moderadamente”.

6) Cuidado com as promoções

A tentação de comprar doces, bolachas e outros alimentos calóricos fica ainda maior caso os produtos engordativos estejam em promoção. Não caia nessa. Você pode até economizar financeiramente, mas a saúde e os ponteiros da balança serão comprometidos.

 

 

 

7) Leve as crianças, mas para fazer educação nutricional

Os pequenos são apontados como os grandes motivos da compra de guloseimas no supermercado. “Leve as crianças e ensina-las a escolher frutas e legumes coloridos, explicando a elas os motivos para deixar os biscoitos nas prateleiras”.

8) Leia os rótulos (inteiros)

Atenção aos rótulos. Eles indicam mais do que calorias, mas também quantidade de sódio, fibras e gordura trans dos produtos. Outro alerta da nutricionista Viviane é que as informações calóricas, por exemplo, falam sobre uma quantidade menor do produto e não a quantidade total. Fique atento a esse detalhe.

9) Cautela com embalagens “tamanho família”

A estratégia é para economizar, mas as vezes o efeito é inverso (em especial na balança). Como em geral a quantidade comprada é bem superior ao necessário, com a desculpa de não estragar ou deixar vencer, as pessoas acabam consumindo mais do que deveriam.

10) Atenção ao humor e o efeito “Eu mereço”

Ir ao supermercado de mau humor, bravo ou após um dia estafante no trabalho é prejudicial como fazer compras com fome. Fugir destas sensações não é fácil, mas cautela com o efeito “eu mereço” na hora de comprar doces, chocolates ou qualquer outra guloseima. Antes de procurar o excesso de açúcar, conheça.

 

11) Fuja dos temperos prontos

Eles facilitam a vida na hora de cozinhar os alimentos, mas são verdadeiras bombas de sódio e ainda acrescentam calorias extras à comida. A orientação dos nutricionistas é priorizar os temperos naturais, como as ervas, que agregam sabores diferenciados aos pratos

12) Fazer compras é um compromisso com você

Determine dias e horários específicos e vá ao mercado, faça disso sua rotina, não se permita ficar adiando as idas ao mercado para conseguir comprar tudo que foi planejado e não se perder durante a semana no seu plano alimentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *