Meditação da Passa!


Muitas pessoas com dificuldade em controlar ou manter seu peso hoje passam pelo situação de querer comer algo diferente (geralmente calórico) e não ter o CONTROLE para comer apenas o suficiente, isso mesmo, essa palavra eu sempre abordo em primeira consulta é algo que muitos não sabem trabalhar ou colocar em prática: poder comer, mas saber respeitar sua satisfação e saciedade. Uma técnica que cientificamente está com muitas comprovoções de eficacia é a atenção plena ou ”mindfull”. Segue a baixo a meditação da Uva passa que ajudará você a criar um maior auto controle quando se expor aos alimentos mais difíceis para você no processo de eliminação de peso (vamos come-lo, mas porque até ver o fim? – reflita).

 

download

MEDITAÇÃO DA UVA PASSA: reserve de 5 a 10 minutos nos quais você possa ficar sozinho, sem ser interrompido por nada e por ninguém. Desligue o celular para não distrair sua mente. Você precisará de algumas uvas passas, uma folha de papel e uma canela para registrar suas reações. Sua tarefa será comer a fruta de forma atenta, assim como fez com o chocolate, ou outro alimento que goste muito.

Leia as instruções a seguir para saber o que é necessário e só as releia se precisar. Seu sentimento enquanto faz a meditação é mais importante do que seguir cada instrução nos mínimos detalhes. Você deve gastar de vinte segundos em cada um desses oito estágios:

1 – SEGURAR: pegue uma das uvas passas e segure-a na palma da mão ou entre os dedos e o polegar. Concentre-se nela, sinta-a como se nunca tivesse segurado nada semelhante. Consegue sentir seu peso? Ela forma uma samba na palma da mão?

 

2 – VER: dedique um tempo para realmente olhar a passa. Imagine que nunca viu uma antes. Examine-a com cuidado e atenção. Deixe os olhos explorarem seus detalhes. Examine os pontos onde a luz brilha, as cavidades mais escuras, as dobras e os sulcos.

 

3 – TOCAR: revire a passa entre os dedos, sentido sua textura. Que sensação ela provoca em sua mão?

 

4 – CHEIRAR: Agora aproxime-a do nariz e perceba o que sente a cada inspiração. Qual o seu aroma? Deixe o cheiro penetrar sua consciência. Se não houver aroma, note isso também.

 

5 – SENTIR: Leve a fruta até a boca (pode ser outra se quiser) e observe como sua mão sabe exatamente aonde ir. Coloque-a dentro da boca e observe o que a linguá faz para recebe-la. Sem mastigar, perceba as sensações de tê-la na língua. Comece a explorar a fruta com a língua. Faça isso por trinta segundos ou mais, se quiser.

 

6 – MASTIGAR: quando estiver pronto, conscientemente dê uma mordida na passa e note os efeitos na fruta e na sua boca. Observe quaisquer sabores que ela libere. Sinta a textura enquanto seus dentes a mordem. Continue mastigando devagar, mas não engula ainda. Note o que está acontecendo em sua boca.

 

7 – ENGOLIR: veja se consegue detectar a primeira intenção de engolir surgindo em sua mente. Observe essa intenção antes de realmente engolir. Note os movimentos que a língua faz a fim de se preparar para isso. Tente acompanhar as sensações da deglutição (do ato de engolir). Caso consiga, conscientemente sinta-a descendo até o estômago. E caso não a engula de uma só fez, concentre-se na segunda ou terceira deglutição. Observe o que a língua faz depois que você engoliu.

 

8 – EFEITOS POSTERIORES: Finalmente passe alguns momentos registrando os efeitos de deglutição. Existe um gosto residual? Qual a sensação da ausência da passa? Existe uma tendência automática de procurar outra?

Eis o que alguns participantes relatam?

”O mais incrível para mim foi o cheiro. Eu nunca o tinha percebido antes”

”Eu me senti meio idiota, como se estivesse numa aula de artes ou algo parecido”

”Pensei que elas eram feias, pequenas e enrugadas. Mas o gosto bem diferente do que eu costumava sentir. Foi bem legal”

”Senti mais gosto nessa única passa do que nas vinte que costumo meter na boca ao mesmo tempo sem pensar”

 

FONTE: Atenção Plena – Mindfulness – como encontrar a paz em um mundo frenétivo – Mark Williama e Danny Penman -Sextante: 2015;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *