O CORPO É MEU! OBRIGADO!


Demorou mas, está aqui…

Esses dias tive a infelicidade de ler numa desses postes que nos passamos pela time line um ”homem” com um corpo extremamente moldado em músculos escrevendo no comentário de uma Nutricionista que ela não tinha um corpo perfeito e por isso não tinha ”cacife” para dar orientações… Não tenho nada contra quem é definido e nem contra nenhuma nutri com corpo fora do padrão, mas segue a minha reflexão.

Primeiro, hoje eu atendo pessoas que buscam ganhar massa magra, desnutridos que precisam ganhar peso e qualquer custo, obesas que precisam emagrecer e outras que querem, atendo pessoas que buscam apenas comer melhor para ter saúde e qualidade de vida, homens que buscam hipertrofia, compulsivos, anoréxicos, bulímicos, etc… COMO EU CONSEGUIRIA SER REFERENCIA PARA TODOS? Cada um se empenha em evoluir em um aspecto, se eu fosse ser exemplo de comportamento e alimentação IDEAL para cada grupo, seria impossível, pois existem comportamentos e padrão diferentes para cada grupo. Essa é a reflexão que gostaria que fosse pensada.

Mas continuando… independente de eu ter ou não o corpo que alguns julgam que eu deva ter, as condutas e orientações para cada grupo são as mais adequadas e com embasamento. Não ser sarado, não quer dizer que eu não tenha instrumentos para orientes alguém com corpo eutrófico a ficar sarado… ou em casa situação acima mencionada.

A vida me ensinou algumas coisas, inclusive na área que atuo. Quando entrei no curso de Nutrição a 8 anos atras eu era 25 quilos mais magro, ou seja, em 8 anos tenha aplicado o que considero ser adequado e saudável para mim, que me faça ganhar peso dentro DAS MINHAS REFERENCIAS pessoais. Eu não tenho desejos de corpos como dos caras do INSTRAGRAM, eu não quero ter o mesmo corpo do ATOR da novela da 8:00. Eu não adoto métodos e práticas que considero serem inadequadas para minha saúde física e psicológica.

Eu não fui rejeitado por ser magro, esses dias levei um fora porque não tinha o abdômen tanquinho, mas dai me lembro que isso não um problema meu e SIM DA PESSOA, que busca em alguém apenas o físico. Eu Rodolfo tenha coisas como pessoa a oferecer que independente de magro, gordo, definido, vou continuar oferecendo. Já tive sim momentos que quis mudar meu corpo para agradar os OUTROS, mas isso não acontece mais, eu me aceito como sou e não permito que imponham o que querem que eu seja.

Concluindo, o meu padrão de peso é MEU, não o que a moda de passarela diz, não o que a blogueira posta, não o que as capas das revistas mostram, mas sim aquele que quando nú em frente ao espelho eu digo: – Sou feliz como sou, tenho qualidades únicas, sou feliz, sou saudável, etc…

SAI DO PADRÃO DOS OUTROS! QUAL O SEU PADRÃO!?

 

  • MEU PADRAO EH SER FELIZ….POBRES DIABOS AQUELES QUE ESCOLHEM PESSOAS PELAS APARENCIAS…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *